terça-feira, 16 de agosto de 2011

Mistificação na igreja - pedir paciência (Com participação do Pastor Célio Queiroz)


Resenha mais tarde, rs!!!

O QUE NÃO TEM REMÉDIO, REMEDIADO ESTÁ!!!

Essa semana eu lutei muito para alcançar algo que não consegui, Passei noites sem dormi e sacrifiquei muitas coisas importantes para mim, até mesmo a companhia dos meus filhos no dia dos pais...
Mas o juiz apitou e apontou o centro de campo; o jogo terminou. É frustrante chegar tão perto da vitória, se esforçar tanto e perder o jogo nos últimos instantes.

Quando percebi que não tinha mais jeito fui para um lugar isolado e não tive forças nem para orar, somente chorei na presença do Senhor. Tentei sair daquele lugar e não consegui, me senti como se estivesse a ponto de saltar de um trampolim muito alto, tão alto que não podia enxergar onda cairia. A realidade da derrota me fez temer e tremer de medo como uma criança sozinha em um ambiente hostil.

Não conseguia sair dali e minha vontade era me prostrar, encolher e ficar ali escondido, a vergonha da derrota e o medo estavam me consumindo, um trauma em meu coração. Mas mesmo em tanto sofrimento eu consegui ter essa leitura do que estava acontecendo comigo, o medo de lutar e perder novamente e a falta de força para conseguir lutar, pois eu estava tão fraco que não conseguia caminhar em frente.

Mas foi aí que eu me lembrei dos meus filos, se eu não lutasse estava fadando-os a derrota e não é essa herança que deixarei para eles, nesse momento mesmo fraco eu levantei e decidi continuar lutando pois havia alguém que dependia de mim e eu tinha que proteger-lhes o destino e o futuro.

Porém eu ainda estava com muito medo e parecia que não importaria como eu sairia dali, as lutas iriam me trucidar e eu não tinha chance. Então eu me lembrei que assim como eu consegui forças para lutar por amor aos meus filhos, eu tenho um Pai que me ama e luta por mim e nEle não lhe falta força pois ele é onipotente e também protegeria o meu destino e futuro, ele não permitiria que essa derrota prejudicasse o cumprimento das suas promessas em minha vida.

Continuo fraco, mas o amor me faz continuar, continuo com medo, mas o Senhor me dá segurança para prosseguir.

Qual é a dor que lhe impede de caminhar? Quais os obstáculos?

Lembre-se do seu Pai que sempre vai te proteger e dar forças para seguir, é normal ter medo e se sentir incapaz, ma sempre tem um motivo pra continuar.

Prova disso é que enquanto digitava esse texto Deus moveu as coisas e abriu uma possibilidade a mais de vitória onde eu não enxergava isso, EU VOU PRA PRORROGAÇÃO!!!

GLÓRIA A DEUS!!!