sábado, 29 de dezembro de 2012

J. K. L. UM HERÓI


No decorrer de nossas vidas temos o hábito de nos impressionar com os maus feitos, hostilizar e agir truculentamente quando estamos falando de déspotas, pessoas preconceituosas etc.



Essa é uma atitude normal, e, se pensarmos bem é o reconhecimento que os maus merecem, sendo assim eles adquirem papel importante em nossas vidas mesmo que seja um mau papel.

Talvez a importância que damos para eles seja uma publicidade gratuita que popularize esses maus exemplos, por outro lado, mesmo que os bons homens, os heróis, sejam raros, temos o hábito de manter seus nomes e exemplos empoeirados na prateleira do esquecimento, é possível que se gaste 10 horas de conversa falando mal de um indivíduo cruel e não se gaste nem cinco minutos falando de um herói.
Por isso estou escrevendo este texto, para falar de um herói como poucos que conheci, seu nome é João Kolenda Lemos.

Meu Pai se formou no IBAD em 1977, e oito anos depois eu nasci. Cresci ouvindo falar da vida heroica de J.K.L. e sua esposa Irmã Doris Lemos, foram exemplos vivos de heróis da Fé que tive a imensa honra de conhecer.

Este homem não fundou somente uma escola, ele adotou filhos de todo o mundo dando-lhes o nobre título de IBADIANOS. Em todo o mundo isso é considerado uma honra.

Já perdi a conta de quantos obreiros espalhados pelo Brasil eu já encontrei que atribuem o bom exercício de seu ministério aos ensinamentos deste herói, ele não era somente um professor ou diretor, ele era pastor de todos os alunos, amigo, PAI...

Quando o conheci ele já estava em idade bem avançada e não havia nele o mesmo vigor físico que sempre ouvi falar, mas mesmo em sua velhice não parou em tempo nenhum, se mantendo ativo e exercendo seu ministério até o fim.

Não esqueçamos este grande herói e levemos seu legado às próximas gerações, pois a cada geração que passa é mais difícil encontrar heróis da Fé como este.

J.K.L UM HERÓI.

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

DEVEMOS IR A EBD? É UM ATO FACULTATIVO?




A participação em qualquer atividade na igreja não deve ser questionada no sentido de:

"O que está nos impedindo de ir ou fazer parte?"

E sim no sentido de:

"O que nos motiva ou motivaria a fazer parte?"

Nenhuma reunião cotidiana da igreja é sagrada e obrigatória, as atividades podem até ser feitas por sacrifício, mas motivadas por amor.

Em Gálatas 5:13-14 está escrito:
"Porque vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não useis então da liberdade para dar ocasião à carne, mas servi-vos uns aos outros pelo amor."

Não devemos abandonar nossos cultos como sacrifício vivo perante o Senhor, mas os devemos fazer em liberdade e POR AMOR.

Acabo de ler que a EBD por exemplo, foi feita pra mim, se é assim, porque nunca me perguntaram o que eu queria ou pelo menos o que espero dela? Sem falar que a EBD como qualquer outra atividade na igreja deve ser feita para Deus, assim todos que amarem a Deus sentirão prazer em participar.

Amo a EBD e acho que é uma das maiores ferramentas na consolidação da Fé de quem caminha no caminho "vituperioso" de Cristo, mas algumas igrejas tratam a participação EBD como um ato ligado a sua salvação, já ouvi até a frase "Quem é salvo vai".

Tentemos converter menos pessoas para a EBD e mais pessoas para Cristo, depois disso enchamos a EBD com o amor de Cristo, aqueles que foram convertidos a Ele com certeza participarão.

Por fim saiba, que se você não frequentar a Escola Bíblica Dominical, você nãoe stará perdendo a sua salvação, mas eu aconselho veementemente que vá, não deve haver melhor coisa a ser feita domingo de manhã, mesmo dormir, RS.

Porém aos superintendentes e professores aconselho que se prendam mesmo às regras pedagógicas impostas pelas grandes editoras que criam os materiais usados na EBD, inovem, façam as pessoas se aproximarem mais de Deus na EBD pela oração e principalmente pela exploração espontânea da bíblia. As pessoas devem ter liberdade de questionar sobre tudo, existência de Deus, Sexo, drogas e costumes sem serem reprimidas ou terem a obrigação de acreditar na revista sem questionamentos.

Tornem a EBD mais atrativa no sentido que o Evangelho sempre foi revolucionário e está acima das mesmices da religião, pois A PALAVRA DO SENHOR É NOVA A CADA DIA.

Que a EBD ensine mais a essência de ser um Cristão que não está preso aos dogmas e sim liberto por Cristo, o maior revolucionário de Todos os tempos que Dividiu a história com seu nome, e que a EBD ensine menos as diferenças entre Assembleianos, Batistas, Metodistas etc.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Amizades, poços entulhados e novas amizadoes!



Podem entulhar meus poços que cavarei outro, alguém ai querendo ser um "novo amigo"?


Abro meu coração e nunca desisto, pois as pessoas tem o direito de jogar entulho em nossos corações pois o abrimos para eles, mas mesmo que tenhamos que abandonar aquele poço podemos cavar outros.


E todos os poços, que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de seu pai Abraão, os filisteus entulharam e encheram de terra.(Gênesis 26:15)


Então cavaram outro poço, e também porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Sitna.(Gênesis 26:21)


E partiu dali, e cavou outro poço, e não porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Reobote, e disse: Porque agora nos alargou o SENHOR, e crescemos nesta terra.(Gênesis 26:22)


E aconteceu, naquele mesmo dia, que vieram os servos de Isaque, e anunciaram-lhe acerca do negócio do poço, que tinham cavado; e disseram-lhe: Temos achado água.(Gênesis 26:32)

terça-feira, 3 de abril de 2012

Liberdade!


E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.  João 8:32



Uma vez meu professor de história ensinou que a arma mais poderosa que existe é a informação, com a informação certa se move a história, alteram-se as guerras, criam-se heróis e vilões.

Eu trabalho com TI (Tecnologia da Informação) e vejo o quando as empresas se importam investem para proteger e manipular suas informações com eficiência, hoje em dia se investe muito mais em TI do que em segurança dos prédios ou de executivos, pois se uma informação vaza pode ser o fim daquela empresa.

Recentemente vimos o caso de como o site “wikileaks” mexeu com o mundo vazando informações até mesmo simples, mas que abalavam as relações entre países de forma devastadora.

Pensando nisto ontem cheguei a conclusão de que a informação só é tão importante porque representa o conhecimento da verdade, a falta de informação sobre algo ou a informação errada(mentira) sobre isto faz com que a pessoa não conheça a verdade sobre o mesmo.

Obter a informação correta é conhecer a verdade.

Os grandes líderes e nações poderosas escondem a verdade a todo custo, protegendo suas informações e criando informações falsas para que ninguém conheça a verdade.

Mas a verdade está lá, no CAIXA2, no laboratório nuclear escondido, no corpo e na alma da população sofrida, na economia debilitada de um país, na saúde precária...

Também está lá, nas propriedades (bi)milionárias, nos carros luxuosos adquiridos ilicitamente, nos helicópteros que transportam as amantes e por ai vai.

O pior é ver a verdade ao receber as informações de crianças morrendo sem amparo, de velhos vegetando sem cuidados, mas do outro lado os ricos vivendo a hipócrita retidão de suas palavras peçonhentas que conjuram a dor e o sofrimento de todos.

O ditado diz: A verdade a Deus pertence.

Mas nós devemos buscar a verdade e procurar as informações nos lugares certos, e quando encontrarmos as informações certas devemos compartilhar para que o povo não fique enganado pela eternidade. Não simplesmente compartilhar em um post na internet, mas ser militante ta verdade.

Meus amigos, a verdade não se encontra nas informações do facebook, nos memes ou tirinhas que alegram seu dia e como o vinho na antiguidade te faz esquecer que alguém lhe rouba diariamente e te empurra para a morte cada vez mais pobre e ignorante.

É fato que a liberdade dá medo, quando começamos a encontrar a verdade escondida através das informações corretas nos sentimos como se fossemos pular da prancha mais alta à beira da piscinna, mas não tenha medo, após o mergulho você estará mais perto da margem do que está agora e se sentirá mais seguro.

Não aceitem as informações manipuladas que escondem a verdade, busquem o poder da informação e conheçam a verdade. Eu encontrei a minha verdade e continuo fazendo a “prova dos nove” todos os dias para que não morra a minha Fé, mesmo que as vezes ela fique debilitada, somente a verdade a libertará!!! 


Alguns podem dizer que estou descontextualizando o versículo citado no começo deste post, mas eu digo que a libertação que vem pela verdade é um fato supremo não importa de onde olhemos, sempre veremos liberdade na verdade.

terça-feira, 13 de março de 2012

ANTI SOCIAL OU MENTIROSO?

Aquele que diz que está na luz, e odeia a seu irmão, até agora está em trevas. Aquele que ama a seu irmão está na luz, e nele não há escândalo. 1 João 2:9-10

Fico impressionado como pessoas ficam anos dentro da igreja ouvindo versículos como este, mas escolhem não vivê-lo. Criam seus grupos e hostilizam aqueles que não lhes agradam, não perdoam ninguém e ainda colocam frases na internet dizendo que não perdoam ofensas e que não tem obrigação de ser educado ou bonzinho com ninguém. Realmente, não temos obrigação de sermos bonzinhos com ninguém, o que devemos fazer é amar a todos e perdoar independente de nossa personalidade ou da ofensa recebida.

Se há alguém em seu meio que você não ama você está morto (Nós sabemos que passamos da morte para a vida, porque amamos os irmãos. Quem não ama a seu irmão permanece na morte. I Jo 3:14). Se você se diz um evangélico deve agir como alguém que acredita e vive as boas novas de salvação, as quais foram ensinadas por Cristo e nos mostra que o verdadeiro cristão ama ao seu próximo como a ti mesmo, o que o leva viver uma vida onde não cabem frases como:

 Não vou com a cara de fulano.
Não falo com cicrano.
Sou anti- social mesmo e não sou obrigado gostar de todo mundo.

 Realmente ninguém é obrigado a nada, mas dizer que ama a Deus e viver como descrito nestas frase é viver na mentira, É SER MENTIROSO conforme 1 João 4:20 (Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? ) Um ateu pode amar ao próximo e fazer-lhe o bem mesmo sem acreditar em Deus, o que é fruto de um bom caráter. Se você que acredita em Deus e diz a todo momento que Ele é um Deus bondoso, e que mandou seu filho para morrer por todos etc. Como pode não amar a todos? Será que isto é fruto de um bom caráter? Não é um conselho, é um mandamento que está em 1 João 4:21(E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão).

 Você pode escolher não obedecer este mandamento, pode até achar errado ou impossível de obedecer, mas se você crê desta forma, está refutando a própria Bíblia e sinceramente está perdendo tempo até agora em dizer que é “convertido”, “evangélico” ou “cristão”. PARE! Recomece tudo, decida-se de verdade se aceita o evangelho ou não, caso esteja querendo aceitar somente o que é fácil no evangelho e não queira corrigir seus defeitos ou acha que você tem o direito de ser “errado(a)” nisso porque você “é assim e pronto”, as outras pessoas que te magoaram ou lhe fizeram mal também podem pensar que tem o direito de fazê-lo pois eles “são assim e pronto”.

 Queremos que as pessoas ao nosso redor sejam diferentes, mas temos que começar sendo diferentes. Se você escolheu o evangelho, viva-o por completo, não adianta ser um pouco bom nem um pouco limpo, pois até o copo de água cristalina fica impróprio para ser bebido mesmo que caia nele o mínimo de sujeira.

CRISTALIZE SUA VIDA!!!

 Se você não conseguir, tente e não desista pois se continuar tentando pode conseguir, mas se desistir será pra sempre do mesmo jeito!!!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

SE OFENDER É TÍPICO, O PERDÃO SURPREENDENTE!!!

E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?
O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda.
João 5:6-8

Muitas vezes nos ferimos e magoamos não pelos acontecimentos e sim pela nossa opinião sobre os acontecimentos. Esta passagem acima fala sobre um homem que seu problema era a paralisia, mas sua tristeza era pelo descaso dos outros com ele por não lhe ajudarem.

Quando somos o ofendido:
Precisamos transigir, relevar as palavras e ações tentando enxergar o outro lado e ser altruísta mesmo com os egoístas, calmo mesmo com os nervosos, educado com os grosseiros e bom com quem é mau. Caso contrário, nos tornamos iguais ao que tanto repelimos.
Este paralítico sabia que se os outros deixassem ele passar na frente para pular no tanque todos teriam que abrir mão de sua cura e continuar doentes, mas ele não se mostrou preocupado com isso da mesma forma que não se preocuparam com ele. A atitude do paralítico foi típica e semelhante a muitas atitudes que vemos no dia a dia, se o perdão estivesse em seu coração ele responderia a Jesus dizendo que ele desejava ficar são, mas também desejava isto a todos os outros que ali estavam sofrendo semelhantemente a ele. Seria surpreendente.

Quando somos o ofensor:
Precisamos enxergar o ponto de vista do ofendido, o que é nada pra gente pode ser vital para outro, e na maioria das vezes o queixoso pode estar sofrendo uma amargura terrível por algo que é fácil se resolver. O paralítico estava amargurado por ninguém ajudá-lo a alcançar a cura, mas Jesus levou-lhe a cura e agora não há porque sofrer. Peça perdão por suas atitudes mesmo que aos seus olhos não tenham sido nada de mais e cure o seu próximo desta amargura.

ERRAR É SÓ UMA CARACTERÍSTICA HUMANA, MAS PERDOAR É MAIS QUE UMA CARACTERÍSTICA, É UMA QUALIDADE.

Aqueles que vivem as características são típicos, os que buscam a qualidade são surpreendentes.

Perdoe e peça perdão. SURPREENDA!

VOCÊ É UM DISCÍPULO OU PUXA SACO?

Minha lealdade e admiração eu expresso com minhas atitudes e mostrando em minha vida o reflexo dos ensinamentos de "meus mestres". Não preciso declamar para a sociedade o que, só é fato, quando agimos conforme o que aprendemos e não quando falamos que aprendemos.

Quando olhamos para um discípulo reconhecemos quem é seu mestre pelas semelhanças.

Quando se olha pra alguém que se auto-intitula discípulo e faz marketing dos maravilhosos ensinamentos de seu mestre, mas não se parece com o mestre, é propaganda enganosa, auto-promoção às custas do nome de alguém respeitado.

Paulo diz em I CO 11:1 (Sede meus imitadores, como também eu o sou de Cristo) e continua dizendo em I CO 11:2 (Ora, eu vos louvo, porque em tudo vos lembrais de mim, e guardais os preceitos assim como vo-los entreguei.)

Lembremos de nossos mestres e guardemos seus preceitos. Aquele que guarda, sempre tem, mas se no momento de agir você estiver desprovido dos ensinamentos e tomar atitudes diferentes do que disse que aprendeu, tolamente demonstra que não guardou os preceitos, pois não os tem mais em seus julgamentos e atos.

Ser um bom discípulo é parecer com seu mestre, é agir semelhante a ele sem requerer glórias por isso. Não é imitar, mas repetir aquilo que concorda, consciente e com conclusões próprias.

Por fim, digo que o Mestre dos mestres é Jesus. Na dúvida, siga Ele.
Aquele que se lembrar dEle e guardar seus preceitos jamais correrá o risco de se decepcionar, aprender errado ou virar um puxa saco. Bajuladores não tem vez com Cristo pois eles gostam de aprovação constante e o cristão assim como Cristo é exposto ao vitupério HB 6:6 (E recaíram, sejam outra vez renovados para arrependimento; pois assim, quanto a eles, de novo crucificam o Filho de Deus, e o expõem ao vitupério.), além de que os verdadeiros discípulos também desejarem ser íntimos de seu mestre fazendo parte de seu sofrimento FP 3:10(Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte.
Sejamos discípulos, vamos viver o que aprendemos e esqueçamos a glória de nossos mestres pois a glória desta vida é passageira e busquemos a glória do Mestre que é eterna e não se alcança nesta vida.